Banda Aruêra retorna aos palcos para comemorar seus 20 anos 

287

Descubra Torres

No ano em que completa vinte anos de muito reggae, a banda torrense Aruêra retorna aos palcos retomando sua formação original.

Os integrantes Fabrício Teixeira, Enoir Junior, Rodrigo Poli, Jaime Batista e Alencar Policarpo estão com shows pontuais marcados para acontecer no Rio grande do Sul e Santa Catarina.

O primeiro show da Aruêra aconteceu em Torres no início do mês no Guarita Eco Festival promovido pela prefeitura da cidade. Com o anfiteatro lotado, o público cantou em coro os refrões das músicas da banda.

A segunda apresentação está programada para ocorrer dia 25 de janeiro na beira mar Torres, em frente ao Parador Descubra Torres. A convite dos sócios da empresa Infinity Imobiliária, a banda realizará show aberto ao público.

Sobre a Aruêra

A Aruêra surgiu na  época que o reggae estourou e se tornou um estilo de musical muito presente no Rio Grande do Sul. “Nas principais rádios do estado, como Atlântida e Rádio Ipanema, o  reggae era o estilo musical mais tocado e pedido pelo público. Estava muito presente entre os veranistas que vinham à Torres, da capital do estado”, conta Jaime Batista, percussionista da banda.

Nesta época meados dos anos 1999, nasce a banda de reggae “Stone Mountain”. No mesmo ano a  banda faz sua primeira apresentação no Balonismo de Torres. O nome fazia referência às torres da Guarita, mas acabou não vingando, foi então, que surgiu a ideia de colocar uma identidade mais abrasileirada. A partir daí, surgiu a Aruêra! Palavra extraída do refrão de uma das músicas da banda, a “Choro no Gueto”.

No ano de 2001 a banda lança seu primeiro CD DEMO, ‘Amor de Raiz’. Em 2003 o álbum  ‘Reggae Alma Rock’ é lançado. Em 2005 a banda é convidada para participar do programa  “Câmbio MTV”, gravado na praia de Torres.

No auge do reggae, a banda Aruêra chegou a dividiu o palco com vários artistas conhecidos, como  Mascavo, Planet Hemp, Tribo de Jah, Comunidade Nin Jitsu, CPM22, Ultramen, Chimarruts, Armandinho, Andrew Toch entre outros.

A presença da banda Aruêra em show pela capital do estado era muito constante, vindo a se apresentar diversas vezes na casa de show mais famosa da capital, o Bar OPINIÃO. Dentre essas apresentações,  a mais marcante para a banda foi um tributo à Bob Marley realizado para um público de mais de 2.000 pessoas.“Desta vez, diferente de outras em que a banda fazia a abertura dos shows, a Aruêra foi a grande estrela da noite” conta o percussionista, Jaime Batista. 

Gravataí, Cachoeirinha, Viamão, Alvorada, Guaíba, Imbé, Caxias do Sul, Estrela, Bento Gonçalves, Garopaba, Araranguá, Sombrio estão entre as cidades por onde a banda já passou.

As músicas são todas composições autorais de Fabrício Teixeira, o “Beiço”. Nelas, ele ressalta histórias de Torres, suas vivências pessoais, apologia ao amor, crítica política entre outras questões.

Atualizado em: : 22 de janeiro de 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *