Torres e Passo de Torres sediam o 3º Dado Bier Pampa Barrels DAY

250

Descubra Torres

A galera do surf reunida em um único lugar: este foi o objetivo da 3ª edição do Dado Bier Pampa Barrels Day, que aconteceu no último sábado, 09 de novembro, em Torres e na cidade vizinha, Passo de Torres (SC). 

As competições estão ligadas diretamente ao tradicional evento interativo e online do Pampa Barrels. As disputas de surf no formato Expression Session (Surf Livre) aconteceram na Praia dos Molhes, em Torres, devido as boas condições do vento. Participaram atletas, competidores, amantes do esporte, familiares, fotógrafos e simpatizantes. 

Além de muito surf nos Molhes de Torres, os atletas e a comunidade do surf puderam prestigiar as premiações, exposições de arte local, apreciar fotografias do Torrica Photosurf Club, pranchas do “Museu Geraldo Ritter”, exibição de vídeos e show com a banda local, Torrica Hard Core nas dependências da Pousada Morada do Sol Nascente localizada no Passo de Torres (SC).

Como Nasceu o Pampa Barrels

Tudo começou no ano de 2014, quando um time de surfistas e cinegrafistas se uniram por uma paixão em comum: o surf!  Mesmo sem patrocínio, fizeram acontecer a 1ª edição do Pampa Barrels Day, na praia de Tramandaí.

Nos anos seguintes, as competições foram realizadas somente online: as imagens dos atletas fazendo manobras e pegando altos tubos eram capturadas e compartilhadas na internet, onde aconteciam as disputa através de voto popular e júri técnico.

No ano de 2018 mais uma vez, com patrocínio da Dado Bier foi possível realizar a 2º  edição do Dado Bier Pampa Barrels Day.

No último sábado,  pelo segundo ano consecutivo, a cidade de Santa Catarina, vizinha à Torres, recebeu novamente os atletas para a 3º edição do Dado Bier Pampa Barrels Day. Thiago Rausch, gestor e idealizador do evento conta qual foi a motivação para criar o encontro. 

Somos surfistas de alma na cúpula do projeto e sentíamos falta de um evento presencial, na praia e integrando a comunidade do surf gaúcho, não apenas na internet”, afirma ”.

No dia, competiram mais de 44 atletas. As premiações foram dividas em 6 categorias. Confira a relação dos grandes vencedores:

Pro/Am ( principais surfistas gaúchos da atualidade ) 

Manuel Roncalla, campeão  Pro/Am

Melhor Tubo (Manuel Roncalla)

Melhor Manobra (Giovani da Silva)

Pior Vaca (Luy Arman)

Local ( surfistas nativos de Passo de Torres ) 

Melhor Performance (Gabriel Cardoso)

Melhor Manobra (Gabriel Cardoso)

Pior Vaca (Juliano Juba)

SUB-16 ( surfistas jovens ) 

Melhor Performance (Diogo Silva)

Melhor Manobra (Gabriel Behm)

Pior Vaca (Rafael Borges)

Feminina

Melhor Performance (Clara Fugueiro)

Melhor Manobra (Camila Meister)

Pior Vaca (Clara Figueiro)

Legends ( surfistas com mais de 40 anos e com história no esporte ) 

Melhor Performance (Marcelo Dietrich)

Melhor Manobra (Rodrigo Christini)

Pior Vaca (Marcelo Dietrich)

Cinegrafistas ( cinegrafistas parceiros que praticam o esporte ) 

Melhor Tubo (Rodolfo Martins)

Melhor Manobra (Luciano Sombrio)

Pior Vaca (Pedro Castanho)

 

 

 

 

 

 

Atualizado em: : 28 de novembro de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *